A Oportunidade de Acreditar

A Oportunidade de Acreditar

15 de outubro de 2018 1 Por Caho Lopes

Uma vida não questionada não merece ser vivida.

Platão

Em uma reportagem veiculada em um dos principais jornais do nosso estado, deparei-me com uma declaração bastante inusitada. Um importante psiquiatra afirmava que o primeiro dia do ano era um dia como qualquer outro, e que as pessoas deveriam mais preocupar-se em viver a realidade do que ficar tentando reconstruir-se a cada nova virada do calendário.

Fiquei pasmo.

Não conheço o digníssimo profissional; quero inclusive crer que ele deve entender muito de muitas coisas: talvez seja um exímio pescador, quem sabe joga futebol muito bem, ou ainda um erudito estudioso do impacto ambiental causado pelo acasalamento das formigas africanas na Nova Guiné. Mas seu conhecimento de pessoas deve ser bastante limitado.

Devemos nos reinventar sim. Temos todos os segundos da nossa vida disponíveis para fazer isto: romper com as amarras do passado, crescer e extrapolar no papel que a vida nos reservou nesta extraordinária existência, ser maior do que as pessoas em nossa volta conseguem enxergar.

Viver a realidade é necessário até mesmo porque nossos sonhos têm de partir de uma base. Mas a realidade não pode ser limitadora, não pode constranger ou castrar, não pode ser imutável, não pode concentrar mais vontade e coragem do que aquela que você ou eu carregamos em nossas mentes e em nossos corações.

Por isto, caro leitor e cara leitora, sonhe. Dê-se a oportunidade de voar nos seus desejos mais secretos, procure realizar tuas vontades mais escondidas, reinvente-se, recrie-se, reimagine-se.

Reaja!

Podemos ter incontáveis oportunidades nesta vida.

Mas a oportunidade de acreditar tem que nascer de nossos corações.

Caho Lopes
Janeiro de 2006