Sobre escrever…

Escrever é insanidade, coragem, transmutação.

Insanidade porque tem um que de loucura no ato de juntar as palavras e transformar em algo legal para ser lido. Nem sempre elas vêm, nem sempre se conectam, mas as palavras estão sempre rondando o escritor, com desejos e vontades próprias.

Coragem porque é difícil deixar um filho ir pro mundo. O texto, depois de publicado, deixa de ser teu, passa a ser de quem lê, cada um com suas nuances, suas interpretações, suas experiências de vida se conectando as palavras que correm pelas linhas. O autor é o pai que abana com lenço branco no portão de embarque.

Transmutação porque o texto se transforma em e por cada um que o lê. As palavras se diluem em novos significados, as cenas ganham cores diferentes, os personagens adquirem características não reveladas. Cada leitor transforma o texto em um universo particular.

Por tudo isto criei o Alma Inconquistável. Queria divulgar minha produção cultural independente, sem laços com editoras e a intelligentsia reinante em terras tupiniquins. Meus livros que foram publicados estão todos disponíveis para download gratuito neste site.

Mas este blog vai além dos livros, contos e crônicas.

Aqui posto também algumas músicas que fiz, além de vídeos sobre outras paixões como o paraquedismo, as palestras do Projeto Cara Limpa, o automodelismo, as máquinas de pinball, entre outros.

Já leu até aqui, então navega mais um pouco!

Bem vindo!